sábado, 5 de agosto de 2017

PC ostentação feito em ouro maciço custa R$ 3 milhões; conheça


A suíça Prime Computer usou 7 quilos de ouro 18 quilates para criar o PrimeMini 3, posto à venda pelo "singelo" preço de US$ 1 milhão (R$ 3.12 milhões, sem impostos), para consumidores endinheirados de Dubai. A fortuna necessária para comprar o computador de ouro é suficiente, por exemplo, para que o consumidor brasileiro adquira 1.350 placas de vídeo Geforce GTX 1080, que estão entre as mais rápidas e caras da atualidade. Ainda assim, quem achar o PrimeMini pouca coisa, pode solicitar o opcional botão liga/desliga em pedra preciosa, à escolha do freguês.

Talvez o mais chocante a respeito do computador é que, no seu interior, não há nenhum hardware de ponta: o processador é um Core i5 de sexta geração. A memória RAM vai para 32 GB e é possível configurar o PC com até 5 TB de SSD. 

Uma versão convencional do PrimeMini, com materiais comuns e sem ostentação, sai por US$ 1.200 (R$ 3.730) e leva um Core i3 com 4 GB de RAM e SSD de 120 GB.

Apesar do exagero do ouro maciço, há um detalhe físico interessante a respeito da escolha desse metal: o design do computador da Prime Computer não possui coolers. O resfriamento se dá por meio da superfície de metal que, em contato direto com o processador, conduz o calor para o ar ao redor. O case metálico realiza o mesmo trabalho com relação a outros componentes propensos a aquecer, como RAM e capacitores.


Versão de alumínio do computador tem preço quase 1.000 vezes menor (Foto: Divulgação/Prime Computer) 

O ouro está entre os melhores condutores naturais de calor que existem, algo que, no fim das contas, faz algum sentido no calor de Dubai. Entretanto, vale lembrar, o preço de US$ 1 milhão é mais que suficiente para um sistema bem robusto de ar condicionado.

Outro fator é a oscilação da cotação do ouro. Dependendo da flutuação do valor do grama do ouro 18 quilates no futuro, comprar o PrimeMini pode acabar sendo um ótimo investimento.





Fonte: www.techtudo.com.br    Por Filipe Garrett,
Foto: Divulgação/Prime Computer

Nenhum comentário:

Postar um comentário